terça-feira, 10 de dezembro de 2013

O Chamado dos Pássaros

(desconheço autoria da foto)



Os pássaros me chamam, todos os dias. Melodia suave para me apressar. Um dia, eu aceitei e fui. Só assim pude vê-lo e saber que você realmente existe. 

Mas, persiste a noite, e os pássaros dormem. Faço silêncio, oro, espero, peço, só mais uma vez, só mais uma manhã, antes do meio-dia, num dia qualquer, não precisa ser quinta-feira... nem domingo consagrado. 

Pode ser em qualquer tempo, podem, eles, novamente cantarolar 

'vai, Suzana, vai'. 


Suzana Guimarães