terça-feira, 1 de agosto de 2017

A prostituição



Nada tenho contra a prostituição! Meus pais assim 
me conduziram na vida. Mas eu abomino a prostituição do amor. Amor não se compra e muito menos se vende. Amor é a nossa única salvação. Tenho horror de quem tenta ou coloca cifrões nele. É como nos ofertar à morte permanecendo em vida, em um sacrifício barato.

Por Suzana Guimarães.