sexta-feira, 20 de março de 2015

SOBRE TUDO

Por Suzana Guimarães



Tudo o que me encantou também me calou. 
Tudo que falei perdeu seu valor.

​Agora, sou
​mudez,
porque ontem era mistério,
​hoje tudo muito bem desvendado.

Se sou feliz?


Não sei. Felicidade são só instantes. Sou plena porque então inteira.​


Suzana Guimarães

segunda-feira, 9 de março de 2015

Sou muito mais Zelda do que Frida.



(Zelda Sayre Fitzgerald, imagem e obras - Net)



Admirei Frida Kahlo, ou melhor, admiro. Admiro sua arte e irreverência e também a força que usou contra as dores físicas. Mas admiro muito mais Zelda Fitzgerald, Zelda Sayre, penso que ela gostaria mais que fosse assim chamada, por seu próprio nome e não o do marido. Frida viveu para satisfazer os desejos daquele homem que tanto amava, a quem ela se sujeitava. Deve ter falado inúmeros "assim seja" para tê-lo consigo. Zelda não quis se submeter, não aceitou, se rebelou, gritou, inclusive quase enlouqueceu. Zelda preferiu viver em um sanatório, se tratar, se curar, a se tornar sombra de um homem que fazia plágio dela. Internou-se, abandonou-o, morreu queimada no incêndio do hospício onde se tratava por vontade própria, mas foi ela própria o tempo todo; uma mulher livre que nunca se vendeu, nem para o amor.

Suzana Guimarães

domingo, 8 de março de 2015

EM ÁGUAS

(arquivo pessoal de Suzana Guimarães)



Embalsamada minha alma...
Tranquei-me em luto branco
Fechei boca,
Ouvidos...
Entrefechei os olhos.
Os ventos secaram as lágrimas
O tempo ganhou

Fui para a praia
Areias brancas
Palmas brancas
Mar branco, céu branco, eu, um conjunto.

Atirei-me ao mar
Misturei-me às espumas
Entreguei-me às ondas

Sou silêncio.
O grito morreu faz tempo na garganta trancada.

Sou um som antigo...
Embala-me, mãe, embala-me.

Por Suzana Guimarães.



quarta-feira, 4 de março de 2015

Ordinary World




A gente tem que transar agora

porque depois estaremos velhos

e eu irei te convidar para tomar sorvete

Não poderemos transar daqui a 20 anos

...



https://www.youtube.com/watch?v=TreNe5D8OXE