segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Sobre hoje...

(arquivo pessoal de SCG)


O inverno está entrando pelas portas abertas da minha casa e eu vejo o quanto a vida é breve, como é breve este instante em que me despeço de você; tão lento, tão seco, tão frágil.

O passado é o livro que a gente já leu.


Suzana Guimarães



sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Em meu espírito, só eu caminho.

(arquivo pessoal de Suzana Guimarães)
Em meu espírito, só eu caminho.

(Suzana Guimarães)

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Por que eu tranquei os blogs por alguns meses no ano passado?


(by Xi Pan)


Eu tranquei os blogs porque eu não queria mais que pessoas que conheci e conheço me lessem. Um dia, um estranho enviou-me uma mensagem, pedindo meus endereços eletrônicos - dos meus blogs - e eu me lembrei de que nunca escrevi para conhecidos, e sim, somente para mim mesma ou para qualquer um do mundo. Esse qualquer um do mundo é aquele que me lê uma vez de vez em quando na Suíca, no México, na Indonésia, Ucrânia, Romênia, Itália, Estados Unidos, Índia... e que eu nunca conhecerei, provavelmente, não. 

Escrever foi meu ato mais verdadeiro, após a maternidade, o mais demonstrativo da minha resistência. Enquanto resisto, escrevo; enquanto escrevo, resisto e existo. 

Eu reabri os blogs porque, através deles, sinto-me preenchida ao preencher instantes de pessoas que, silenciosamente, me buscam. 

Eu sempre quis que alguém me buscasse...